Categoria: O Zé

Aventuras mais ou menos apaixonantes sobre o Zé, o portuga comum mais comum de todos. É tipo os livros da Anita, mas em versão deprimente.

O Zé vai às finanças

Depois de um longo e extenuante dia de trabalho, o Zé chegou finalmente à sua humilde habitação. Entrou no prédio e as suas narinas foram automaticamente violadas por um intenso odor que misturava animal molhado, naftalina e aftershave barato. O senhor Anastácio levou o seu Lulu à rua há pouco tempo, concluiu. Como era costume,…

Por Francisco Ramalheira Dezembro 13, 2018 0

O Zé vai mandar um email

Desmotivado. Cansado. Esbaforido. Outra palavra acabada em “ido” (e começada em “fod”). Era assim que o Zé se sentia. Nas últimas semanas a sua pessoa tinha servido para executar a maioria das tarefas mais enfadonhas do seu departamento, recaindo sempre nele a escolha do chefe quando o assunto era “tarefa mais chata que fazer acupuntura…

Por Francisco Ramalheira Dezembro 12, 2018 0

O Zé vai trabalhar

Estava uma manhã de segunda-feira fria e chuvosa. Depois de uma muito agradável travessia de comboio – na qual teve a oportunidade de se roçar no lombo de meia cidade – o Zé chegou nervoso e apreensivo ao trabalho. Antevia-se um dia comprido, pois iria ter de entregar o relatório final com a síntese das…

Por Francisco Ramalheira Dezembro 1, 2018 0