Mês: Fevereiro 2019

Game Boy

Nascido numa época em que se podia chamar Game Boy a uma consola, sem que meia dúzia de almas reclamassem que o nome da consola era machista e misógino, a mítica portátil da Nintendo invadiu milhões de lares em todo o mundo, tornando-se numa das consolas mais acarinhadas de sempre e num marco incontornável dos…

Por Francisco Ramalheira Fevereiro 23, 2019 0

As trotinetes

Um dos temas do momento são as trotinetas que invadiram Lisboa, iniciativa que tem recebido críticas por parte do nobre povo lusitano, até porque uma das coisas que o povo português mais gosta de fazer é dizer mal de alguma coisa. E se à ação maldizente puder juntar a inercia de não fazer absolutamente nada…

Por Francisco Ramalheira Fevereiro 20, 2019 0

A crise em Portugal

Nasci em 1988. Desde que me lembro de existir não me recordo de nenhuma altura em que o país não estivesse em crise. “Portugal” e “crise” são dois conceitos indissociáveis. Estamos em crise desde que D. Afonso Henriques quis dar uns bananos à sua progenitora, tendo sido feito apenas um intervalo para nos pormos numas…

Por Francisco Ramalheira Fevereiro 20, 2019 0

O Zé e o Dia dos Namorados – Parte II

Foi com uma alegria juvenil que Maria abriu a porta do velho prédio onde morava, saltitando jovialmente as escadas até ao terceiro andar. Enquanto trauteava a alegre melodia que tocou no seu casamento, rodou a chave e entrou em casa, ansiando por ver o corpo do marido enfiado num elegante fato, pronto para a receber…

Por Francisco Ramalheira Fevereiro 15, 2019 0

O Zé e o Dia dos Namorados

O homem é, por natureza, um espécime pouco dado a romantismos. Sabem qual é o problema do Zé? É muito homem. De todos os dias festivos, o Dia dos Namorados é, de longe, aquele que o Zé mais abomina. Não que não ame loucamente a Maria, a sua santa esposa (que ganhou este epíteto por…

Por Francisco Ramalheira Fevereiro 14, 2019 3

O Zé vai ao ginásio

Tal como tantas almas imbuídas pelo espírito de renovação que o Ano Novo nos traz, o Zé decidiu que iria fazer mais desporto. Já não havendo condições para jogar à bola com regularidade, resolveu inscreveu-se no ginásio no início de janeiro. Nos primeiros tempos, estava moderadamente entusiasmado, cometendo a loucura de ir 2 ou 3…

Por Francisco Ramalheira Fevereiro 10, 2019 0

Jogar à bola

Há poucas atividades que são igualmente prazerosas em criança e adulto. Jogar à bola é, claramente, uma delas. Outra é dar um pantufinha num metro à pinha e fazer um esgar de reprovação que, automaticamente, nos inocenta daquele crime hediondo aos olhos do resto da carruagem. No entanto, embora a paixão pelo jogo se mantenha…

Por Francisco Ramalheira Fevereiro 3, 2019 0